sexta-feira, 19 de novembro de 2010

082. Inversão, o que é?

Resposta de Sir Ganon:

Um jogo no qual a parceira assume a postura de um macho dominante.

Apesar de o nome sugerir uma troca total, em verdade a inversão acontece quando a mulher, comumente auxiliando-se de um vibro de cinta, usa seu parceiro como se este fosse uma fêmea.
 

É sabido que este jogo pode vir acompanhado de vários outros, como o jogo de travestismo, para citar um, mas nada impede que este seja executado isoladamente.

Comentários da (schiava)_RainhaJenn:

Um dos jogos das extensas camadas do BDSM.
Entendo aqui a inversão, como a troca de ambos os parceiros em seus papéis
Um jogo em que se possibilita muitos desdobramentos e correlações com outras práticas, como crossdressing, humilhação, poneygirl, dogplay, CBT...
Jogo com grande carga emocional e psicológica, onde o objetivo primeiro é fazer a parte submissa adotar padrões de gênero outro que não o seu.
Assim, a sissie é treinada para ter prazer exclusivamente pelo anus, deve ter jeitos mais femininos, alguns até chegam a aplicar hormônios, há o objetivo de feminilização (vestimenta feminina) consensual ou forçada, como também a minimização dos trejeitos masculinos.
Maquiagem, perucas, e lingeries completam o quadro.

Temos ai toda uma grande filosofia se desenvolvendo, com a Primazia Feminina em alta.
Nestes jogos, o "sissie" nunca terá o status de uma mulher... pois não tem a mesma capacidade corporal, então no máximo será uma putinha, uma menininha, uma empregada (sissy maid); uma sissie mesmo.
Em senzalas com escravas e sissies, a sissie é inferior em escala hierárquica à escrava.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

081. Fist, o que é?



Resposta de Sir Ganon:

Fist é a arte de introduzir dedos, objetos, alimentos (como pepinos) ou mesmo toda a mão na vagina ou ânus do parceiro.

E por quê uma arte? 


Pelo fato de requerer dos praticantes não somente habilidade e conhecimento como também disponibilidade e paciência para atingir seu objetivo.
 
Não pense que um jogo como este é feito de pronto e seu objetivo é alcançado na prima tentativa.
 
Vá com calma e sinta o prazer proporcionado por cada estágio.

ATENÇÂO!!!

Não recomendo o uso, sem experiência, de garrafas e/ou objetos similares pois estes podem ficar presos por vácuos gerados na sua manipulação dentro do corpo.


Comentário da (schiava)_RainhaJenn:
Dizem os conhecedores ser este o ponto máximo de entrega e Dominação em uma cena.
Pelo trabalho e dedicação que há, pela necessidade de entrosamento e doação.

Quem sabe, um dia consigamos nos entregar assim.
Recomendo que visitem um blog que está em nossa lista, só sobre fisting.
Eis o blog, que fiquei devendo na postagem inicial: http://fistingbr.blogspot.com/?zx=5ed0fe20ab20d95d

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

080. Podofilia e Podolatria, são iguais?


Resposta de Sir Ganon:
Permita-me apresentar duas visões, a BDSM e a científica:

Visão BDSM:
No campo BDSM e seguindo um visão global, entendemos que são formas diferentes para uma referência a mesma pessoa: 

Adepto que tem seu prazer focado em pés.

Visão científica:
No campo científico as diferenças são inúmeras e ambas são completamente distintas, pois o Podófilo é visto como alguém que sofre decrínio patólogico e tem seu desequilíbrio denunciado no ato de fixar seu prazer somente em pés e o Podólatra é visto simplesmente como alguém que aprecia pés sem, com isso, apresentar qualquer desequilibrio no campo mental, pois estudos afirmam que seu prazer está dentro do padrão comum e não influi diretamente em outros campos de sua vida. 


Comentários da (schiava)_RainhaJenn:      

Nomes técnicos para uma mesma prática.
De que nos importa este ou aquele, se não vamos tratar as pessoas, apenas respeitá-las em seus desejos.
Os nomes, nomeclaturas, etc, nos ajudam a nos situar, nos posicionar, e para isto cumprem perfeitamente seu papel.
Já para a medicina, e para aqueles que se acham incomodados com suas vontades, o nome os classificam de forma equilibrada.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

079. Podolatria, o que é?


Resposta de Sir Ganon:
Podolatria é um jogo de adoração a pés. 
Seu adepto é chamado de podólatra e suas práticas vão, desde apenas olhar, a beijar e "permitir" enamorar-se pelos pés de seu parceiro.

A gama de jogos, neste campo, é infinita e não são poucos os adeptos que conseguem transmitir uma sensualidade e erotismo ímpar ao exibirem seus
Jogos de Adoração.
Àquele que adora chamamos de podólatra e o adorado, quando mulher, é chamada de Deusa. 

Ao homem adorado não é dado ou usado nenhum adjetivo de tratamento especial.
Apesar da maioria dos podólatras serem homens, poderemos encontrar adeptas femininas da adoração de pés e esses adorados podem ser tanto pés femininos quanto masculinos.
Uma curisosidade: 

Existem, nos EUA, praticantes da podolatria que dedicam-se a adorar pés de soldados. 
Sim, são apaixonados por botas, calos e pés grandes.
Podolatria: enquanto
fetiche uma adoração. 
Enquanto jogo, D/s.
  
Comentários da (schiava)_RainhaJenn:
Como sempre falamos aqui, o BDSM é um jogo de inúmeras camadas.
Eis apenas mais uma delas.
Enquanto Jogo, é um jogo de D/s (Dominação/submissão)
Ou apenas um fetiche de adoração.
Cabem aos partícipes, descobrir e usar o que melhor lhe atraem, e causam este efeito na parte contrária.





quarta-feira, 10 de novembro de 2010

078. Raped, o que é?


Resposta de Sir Ganon

Jogo muito comum em outros países que consiste em SIMULAR um sequestro e violação do parceiro. 
É comum, numa sessão de Raped, haver a mescla com o chamado Gang Bang (vários parceiros ao mesmo tempo).

Jogo sério e que não recomendo ser feito sem uma estrutura muito bem planejada e total atenção, pois seu apelo emocional é muito forte e qualquer descuido pode possibilitar que ocorra uma falta de controle nos participantes. 
Outro item que deve ser avaliado antes de preparar o jogo é saber se o participante tem diponibilidade psicológica para tal.

Comentários da (schiava)_RainhaJenn:

Um jogo do qual já ouvi vontades, desejos, mas pouco se fala por estas bandas daqui.
Às mulheres, muitas fantasiam ser raptadas e usadas, mas poucos falam sobre isto.
É um tabu em sociedade, e mesmo dentro do BDSM, frente ao enorme preparo, e das consequencias psicológicas que isto pode trazer à peça.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

077. CrossDressing, o que é?


Resposta de Sir Ganon:

Também chamado de CD, este é o nome "universal" para o jogo D/s conhecido, por nós brasileiros como travestismo.
Muito praticado por homens e, a cada dia, mais mulheres jogam.
Consiste em "montar-se" com roupas, acessórios e maquiagem do outro. 

Naquele período ele vira ela e ela vira ele. 
Não existe uma necessidade de ambos travestirem-se ao mesmo tempo e num mesmo jogo. 
O mais comum é o homem se travestir.
Em alguns casos, a mulher faz uso e um vibro preso à sua cintura para "
usar a sua putinha". 

Comentários da (schiava)_RainhaJenn:


Vou tentar aqui apenas atualizar ao meu nobre amigo Sir Ganon.
Ao meu entender, e vou trazer aqui apenas o meu entender, CD ou CrossDressing é o fetiche que alguns tem de tranvestir-se de outro gênero e sair à rua.
Há muitas Dommes que "montam" suas sissies, e vão ao Shopping, fazer compras, assistir à cinemas, etc.
Como também há os subs que se satisfazem assim saindo.
Então, em alguns momentos, esta prática se confundirá com o Travestismo/Feminilização, mas apenas pelo seu aspecto público.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

076. Travestismo/Feminilização, o que é?


Resposta de Sir Ganon:
Mais um jogo D/s, onde o homem é feminilizado com o uso de roupas, langerie, maquiagem e sapatos de mulher.

Vejam:
O fato de um homem estar vestido de mulher nada tem a ver com o fato de ser bi ou homosexual. 
São muitos os homens que apreciam tal prática, sem no entanto deixarem de ser heterosexuais. 
E se não forem? 
Problema deles!
No BDSM aprende-se a respeitar e, ao menos, buscar entender o fetiche alheio para que façam o mesmo com você. 
Não esqueça que a sua maneira de ver a vida terá que mudar para que possa usufruir dos muitos prazeres que envolvem este complexo mundo.
Uma outra boa definição que li em um site sobre o tema:

"TV, Sissy: Travestismo forçado. 
Homens que curtem serem vestidos em roupas de mulheres e tratados como garotinhas. 
Não está necessariamente ligado ao homossexualismo (a maioria quer ser forçada por mulheres a se vestir em corpetes rendados). 
Pode ou não vir acompanhado por outros jogos, geralmente bondage, um pouco de spanking (quando a "garotinha" não se comporta como deveria) ou inversão de papéis."
Cópia na íntegra e sem autorização, pois infelizmente, este site não está mais no ar, o que me impossibilita citar a fonte e disponibilizar o link como faço com todos que aqui figuram.  

Comentários da (schiava)_RainhaJenn:

Eu sou meio suspeita sobre este ponto, mas uma coisa para mim é fundamental.
Não sou homo, mas sei que mais dia, menos dia, serei bi, por uma obrigação natural da servidão.
O meu prazer aqui, se assim posso dizer, é ser forçada por minha Dona a vestir-me, a postar-me, a responder como uma menina.
Claro está para mim, que nunca serei uma menina, que esta graça nesta reencarnação não me foi dada, e por isto, devo a todas as mulheres, minha submissão incondicional.
Entendo a Feminilização como um anteprojeto ao meu dia-a-dia, pois se nele sou Dominador, comando, coordeno, entre quatro paredes, e para minha Dona não quero ficar resolvendo, comandando ou coordenando, mas apenas servindo, obedencendo às ordens de minha Dona.

075. Afogamento/asfixia, o que é?


Resposta de Sir Ganon:

Interessante jogo de Privação de Sentidos onde, com a impossibilidade de respirar, o submisso tem que buscar o seu prazer e possibilitar o prazer de seu Dono e Senhor.

Este jogo S&M pode ser executado de várias formas e, com o intuito de possibilitar que tu, juntamente com vosso servo, desenvolva seus próprios, este mendigo de si mesmo estará apresentando somente o mais conhecido deles:


Para Dominadores temos o sexo oral: o Dom segura a cabeça do submisso contra seu corpo.

Para Dommes temos o Face Sitting: a Dominatrix senta no rosto do sub.

ATENÇÃO!
 

O jogo do afogamento/asfixia é um jogo sério e sabemos que a responsabilidade é de ambos, mas cabe ao Dom, observar TODAS as reações do submisso e parar antes de qualquer risco.
 

ISSO É UM JOGO QUE BUSCA O PRAZER DE AMBOS E NÃO A BRINCADEIRA DE UM IRRESPONSÁVEL!

Comentários da (schiava)_RainhaJenn:

Nosso caro amigo Sir Ganon, sempre suscinto e claro nos tópicos.
Deixo ainda aqui, alguns jogos de afogamento/asfixia, que podem ser desenvolvidos com responsabilidade.
http://www.devilized.net/tortureporn/
http://www.waterbondage.com/site/?c=1